11/10/2017

Tarte de maçã da Titá invertida

Sabem a velha história de que quem conta um conto acrescenta um ponto? Pois é, ao que parece aplica-se às receitas, que vão passando de boca em boca ou de mão em mão e uma alteração daqui e outra dali, ficam uma receita completamente diferente! Foi isso mesmo que aconteceu com esta tarte! Ficou virada do "avesso"!
Podem achar que por ser blogger tenho sempre ideias e soluções para as refeições ou festas. Não. Não, de todo. Há alturas em que pareço uma barata tonta, como ontem, por exemplo, em que saí de casa sem lista de compras e fui incapaz de me decidir sequer a que supermercado ir. Conclusão, vim para casa e as compras ficaram para outro dia... Nesses dias assim, dou graças por existirem internet e grupos de facebook com gente boa e sem preconceitos ou manias. Daqueles grupos em que se vai sem ideias nenhumas e de onde se vem com vontade de fazer sopa, entrada e sobremesa! E é num desses grupos, com gente que cozinha [muito e bem!] que encontro receitas tão simples como deliciosas. Esta é uma dessas receitas. Tão simples e tão, tão boa! Com ingredientes que temos sempre na cozinha e que já fiz, e repeti e repeti. Desta vez, de uma maneira diferente mas que resultou muito, muito bem! O facto de a fazer invertida, faz com que a maçã caramelize e a massa fique torrada e crocante.
Ainda estão aí ou já foram buscar um papel para apontar os ingredientes??
Ingredientes:
4 maçãs grandes
2 c. sopa de açúcar mascavado
1 c. sopa de manteiga
1 c. chá de extrato de baunilha  
canela a gosto
1 vagem de baunilha (opcional)

Massa:
300g de farinha com fermento
1 ovo
200 g de açúcar
100 g de manteiga derretida

Numa frigideira de ferro ou que possa ir ao forno, deite a manteiga e o açúcar e mexa até este derreter. Junte as maçãs cortadas aos cubos e o extrato de baunilha e mexa. Deixe a maça caramelizar um pouco e reserve enquanto prepara a massa. 

Junte todos os ingredientes da massa numa taça e amasse com as mãos até obter uma bola. 
Disponha a massa por cima da maçã e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC, durante 30 minutos ou até a massa estar dourada. 
Retire e desenforme, ainda quente.

Resista até arrefecer ou coma uma fatia ainda morna acompanhada de uma bola de gelado de nata ou quem sabe um cálice de vinho do Porto!


1 comentário:

Henriqueta Negrao disse...

Ficou com um aspecto maravilhoso! Vou testar esta variante da tarte! Beijinhos!!! Titá

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU