02/03/2015

Papas de aveia no forno

Começar assim mais uma semana à mesa com os meus amores. 
Mais sete oportunidades de ser feliz, de ser melhor, de me tornar melhor. 
Todos os dias agradeço a sorte que tenho porque o meu trabalho não deixa que o esqueça. A alegria maior de os poder abraçar todos os dias é suficiente para me fazer dar graças, nem seja ao fim da noite, por um par de minutos antes de o cansaço me levar a melhor. A velha máxima "A gente só dá valor depois que perde" não tem para mim qualquer sentido. Vivo todos os dias, bem perto, até demais, o que é estar perante essa dor. São muitos os dias em que penso que seria mais feliz se não trabalhasse no hospital. São muitos os dias em que penso que gostava de mudar de vida. Mas depois há aquele momento em que tudo faz sentido e acredito que os milagres acontecem. Acreditar, sempre. Dar mais e melhor, sempre. Ser feliz, sempre. E sorrir, sempre. 

Para começar da melhor forma possível, a receita perfeita, saudável e que engana qualquer guloso como eu. Umas papas especiais com aveia que chega do projeto Sementina
Todo o sabor de umas papas de aveia [que eu tanto adoro] mas sem o trabalho e tempo de ter que estar a mexer com uma colher para não agarrar. Uma forma de preparar as papas de aveia em dias de semana, porque dá-nos meia hora para ficar prontos e sentados à mesa. Enquanto quentes, são perfeitas com iogurte grego e fruta fresca. Depois de frias, cortam-se à colher e substituem uma fatia de bolo na perfeição!
Adaptei a minha receita desta aqui porque não me parece bem preparar umas papas de aveia para o pequeno almoço com natas!
O caramelizado final do açúcar demerara [e único açúcar que leva toda a receita] dá uma sensação de estar a comer um doce pecado, sem o ser!
Ingredientes:
150 g de flocos de aveia
sementes de uma vagem de baunilha
1 c. chá de canela
1/2 c. chá de noz moscada
50 g de amendoas raladas grosseiramente
50 g de passas
1 pera cortada aos cubos
400 ml de leite
200 ml de iogurte grego ligeiro
2 c. sopa de açúcar demerara
1 pitada de sal



Ligue o forno a 180ºC.
Numa taça, misture a aveia, as sementes de baunilha, as especiarias, as amendoas e as passas.
Misture bem e junte a pera. Envolva. Junte uma pitada de sal.
Noutra taça deite o iogurte e junte o leite, pouco a pouco misturando bem.
Junte o leite à aveia, misture bem e deite numa tarteita ou travessa.
Leve ao forno durante 30 minutos.
Retire, polvilhe com o açúcar, ligue o grill no máximo e leve ao forno novamente durante 3-4 minutos. 
Sirva com iogurte grego, fruta fresca e/ou sementes.


7 comentários:

Karla disse...

Ah, eu amo papas de aveia! Me lembra muito a minha infancia, quando minha avó salpicava canela por cima :) Uma delícia. E agora que meu bebe está chegando na fase das papas sei que vou acabar comendo junto com ele todos os dias :P

Fátima Fonseca disse...

Adoro papas de aveia!
Estas ficaram com um aspeto delicoso!
Vou guardar a receita para experimentar.

Isabel Mendes disse...

Comem-se quentes ou podem comer-se frias?excelente aspeto!

basta cheio disse...

A 1ª vez que fiz papas de aveia no forno fiquei completamente apaixonada! São realmente especiais e dão outra alma aos porridges.
Estas estão super apetitosas! :)

Bjinhos
Susana

O cantinho dos Gulosos disse...

que aspeto espetacular, apetece mesmo comer essas papas.


www.ocantinhodosgulosos.blogspot.pt

Anónimo disse...

Podemos fazer as papas à noite para comer no dia seguinte, certo? Será que aguenta 2 dias, no caso de não comer tudo de 1 só vez? ;)
Obrigada

Andreia disse...

Olha que bonitas palavras que nos ofereceu neste post! Muito obrigada! :-) Partilho completamente a mesma maneira de pensar, considero cada começo de semana como uma imensa sorte de poder viver de novo os 7 dias, como menciona, perto da minha cara metade, mesmo se estou longe da minha familia. E adoro papas de aveia! :-) Beijinho, Andreia

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU